Rádio Tour
COMPARTILHE COM:

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Início » Blog » Cidades » Programa estadual vai reformar escolas nas sete cidades do ABC

Programa estadual vai reformar escolas nas sete cidades do ABC

A região vai receber R$ 123 milhões para revitalizar 150 escolas estaduais da região. O anuncio foi feito, nesta terça-feira (25/06), por representantes da Secretária de Educação do Estado durante a reunião dos prefeitos no Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e faz parte do programa Estadual Escola+ Bonita.

Na primeira etapa 91 escolas serão reformadas com previsão de iniciar as obras entre o final de dezembro e inicio de janeiro do próximo ano, sempre em período de férias para não afetar a grade escolar, e as demais serão contempladas até o final de 2020. Serão 28 escolas em Diadema; 43 em Mauá; nove em Ribeirão Pires; duas em Rio grande da Serra, 28 em São Bernardo do Campo, cinco em São Caetano do Sul e 36 em Santo André.

O investimento é especificamente para infraestrutura dos prédios e não contempla uma reforma no conteúdo pedagógico. Para o presidente do Consórcio e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB) que falou um pouco da realidade da cidade que comanda, não haveria condições de melhorar o ensino nas condições que alguns edifícios se encontram.

“A primeira ação acabou não sendo diretamente na questão pedagógica, mas sim na infraestrutura de escolas, posso falar mais das escolas de Santo André, que conheço mais de perto os problemas, e há escolas que as condições dos prédios inviabilizariam qualquer tipo de tentativa de melhoria no conteúdo programático”. Serra também destacou o empenho do governador João Doria (PSDB). “A reforma das escolas estaduais tem sido uma das prioridades do atual Governo do Estado e a região ganha com essa ação”, finaliza.

Escola+Bonita – O Programa Escola+Bonita realiza obras de grande porte, com serviços de melhorias nas redes hidráulica e elétrica, além da inclusão de itens de acessibilidade nas unidades.

No total em todo o estado, serão investidos R$ 1,1 bilhão em reformas de 1.384 escolas. O investimento ocorrerá de forma escalonada nos próximos três anos. Para este ano estão previstas obras em 630 escolas que custarão R$ 439 milhões. Em 2020, o Governo do Estado de São Paulo vai destinar R$ 549 milhões para melhorias de infraestrutura de 660 unidades. Por fim, em 2021, haverá o investimento de R$ 109 milhões em 94 escolas.

Todas as obras deverão ser licitadas e, no pacote estão reformas da cozinha, banheiros, rede elétrica e hidráulica, além de inclusão de itens que garantam acessibilidade e manutenção nos dispositivos de segurança das escolas.